UFBA - Universidade Federal da Bahia

 

A Universidade Federal da Bahia, criada pelo Decreto-Lei nº 9.155, de 8 de abril de 1946, e reestruturada pelo Decreto nº 62.241, de 8 de fevereiro de 1968, com sede na Cidade de Salvador, Estado da Bahia, é uma autarquia, com autonomia administrativa, patrimonial, financeira e didático-científica, nos termos da Lei e do seu Estatuto.

Apesar de instituída oficialmente como Universidade da Bahia, em 8 de abril de 1946, sua constituição englobou a articulação de unidades isoladas de ensino superior preexistentes, públicas ou privadas. Essas Unidades de Ensino Superior constituíram o núcleo inicial da Universidade da Bahia. Em que pese o Decreto-Lei de 1946, naquele momento ainda não se implantava uma verdadeira Universidade. Além de agrupar as antigas escolas, fazia-se necessário um amplo esforço de criação de novas unidades e órgãos complementares, para constituir um efetivo sistema universitário, capaz de atender às necessidades culturais da sociedade baiana. Esse foi o desafio enfrentado pelo Reitor Edgard Santos até 1961, nos quinze anos em que esteve à frente da Universidade da Bahia.

Atualmente, a UFBA possui 32 unidades de ensino; oferece 66 cursos de Graduação, 136 cursos de pós-graduação lato sensu (especialização e atualização), 51 cursos de Mestrado Acadêmico, 4 cursos de Mestrado Profissional e 38 cursos de Doutorado. A UFBA está empenhada não somente em expandir as vagas e o número de cursos regulares de graduação, como em diversificar a oferta, introduzindo cursos na modalidade de Educação a Distância, cursos Seqüenciais de Complementação de Estudos e cursos de graduação fora da sede, com a perspectiva de contribuir para o fortalecimento e expansão do ensino superior público e de qualidade no Estado da Bahia.

Dentro desse contexto, no âmbito das universidades, a Ciência e Tecnologias da Computação têm sido consideradas uma área estratégica para o bom andamento das pesquisas, do ensino e da própria gerência administrativa da instituição. Na UFBA, o lócus principal para as atividades de computação é o Departamento de Ciência da computação (DCC) do Instituto de Matemática, criado pelo Decreto n. 62.241 de 8 de fevereiro de 1968. Desde sua criação o DCC tem se envolvido com atividades de ensino de graduação, tendo sido o responsável pela criação do primeiro curso brasileiro de graduação em Computação (Bacharelado em Processamento de Dados) cuja primeira turma iniciou suas atividades em meados de 1969. No que toca a pesquisa e pós-graduação, o DCC teve um crescimento marcante nos últimos anos, contando hoje com três cursos de pós-graduação: Especialização Avançada em Sistemas Distribuídos, Mestrado em Mecatrônica e Doutorado em Ciência da Computação. O antigo curso de Bacharelado em Processamento de Dados sofreu uma reforma em 1996 e recebeu a denominação de Bacharelado em Ciência da Computação. Além desse bacharelado, o DCC tem forte participação no curso de Engenharia de Computação oferecido pela Escola Politécnica, além de apoiar diretamente os cursos de Engenharia de Controle e Automação e Engenharia de Produção e Bacharelados Interdisciplinares, entre outros cursos da UFBA que requerem alguma formação básica em computação. Além desses, encontram-se em fase avançada de projeto dois novos cursos de pós-graduação (Mestrado em Ciência da Computação e Doutorado em Mecatrônica) e dois cursos novos de graduação (Bacharelado em Sistemas de Informação e Licenciatura em Computação) foram recentemente aprovados para início de funcionamento no primeiro semestre de 2010.

Atividades de pesquisa em Computacao de Alto Desempenho na UFBA têm sido desenvolvidas principalmente pelo grupo Gaudi - Grupo de Computação Distribuída, coordenado pela profa. Fabíola Gonçalves Pereira Greve do DCC. Os esforços são localizados na área de Tolerância a Falhas, mais especificamente: Algoritmos e Sistemas Distribuídos, Grades Computacionais, Redes Móveis Ad-Hoc, Sistemas P2P e Desenvolvimento de Middleware.

Em função de um longo histórico de projetos desenvolvidos, o Gaudi tem muitos recursos a oferecer a rede Cocada, entre eles, destaca-se um cluster Network of Workstations (NOW). Abaixo estão algumas especificações sobre as máquinas disponíveis neste aglomerado:

 

Codinome CPU Memória Disco Rede
node0 2 AMD Opteron Modelo 246 4 GB PC3200 ECC 2 SATA300 160GB Gigabit Ethernet
node4 2 AMD Opteron Modelo 248 4 GB PC3200 ECC 1 SATA300 160GB Gigabit Ethernet
node1, node2, node3 2 AMD Opteron Modelo 246 2 GB PC3200 ECC 1 SATA300 160GB Gigabit Ethernet

 

Outras pesquisas ligadas a CAD também têm sido realizadas no Instituto de Física, coordenadas pelo professor José Garcia Vivas Miranda, nas áreas de oceanografia, meteorologia, modelos moleculares e aplicações complexas.

Vale ressaltar que varios destes objetos de pesquisa do grupo Guadi e do Instituto de Fisica foram desenvolvidos em parceria com outros institutos de pesquisa do pais, como o LNCC (Laboratorio Nacional de Computacao Cientifica)

No ano de 2009, em função de concursos públicos associados ao REUNI, oito novos docentes foram contratados pelo DCC, dos quais dois tem interesse em CAD: o prof. Celso A. Saibel Santos e a profa. Laís do Nascimento Salvador. O primeiro trabalha em aplicações de CAD, principalmente em Gestão da Informação Multimídia, enquanto que a professora Laís tem interesse em programação paralela, área de seu doutorado. Apesar da recente contratação, estes novos professores têm se articulado com pesquisadores de outros departamentos da UFBA - com destaque o de GeoFisica -, na busca de aplicações na área de CAD, a fim de que a comunidade científica da UFBA seja beneficiada pela rede Cocada.

 

Membros da Rede

 

Nome Titulação Principal Área de Formação/Atuação
Celso A. Saibel Santos Dr. Aplicações Multimídia
Fabíola Gonçalves Pereira Greves Dra. Tolerância a Falhas
Genaro Fernandes de Carvalho Costa Dr. Sintonização Dinâmica de Aplicações em Grid
Guna Alexander Silva dos Santos Dr. Tolerância a Falhas em Clusters de Computadores
José Garcia Vivas Miranda Dr. Física / Aplicações Complexas
Lais do Nascimento Salvador Dra. Computação de Alto Desempenho

«  Dezembro 2019  »
DoSeTeQuQuSe
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031